Sonho realizado

30Ago10

UM OASIS NO HOSPITAL DA BALEIA

Sábado, dia 28/08.

Mais um final de semana. Dia para descansar curtir a família. A programação na TV é mais atraente e te convida a sentar no sofá, abrir um refrigerante bem gelado e ficar ali por horas se entretendo. O dia lindo lá fora nada mais é que pura paisagem…

Mas será que é isso mesmo?

O que eu vi esse final de semana foi uma grande prova de que toda hora é hora de fazer a diferença! Um monte de voluntários, muita alegria e o mais importante, crença na transformação foi tudo o que precisou para que os sonhos do Hospital da Baleia se realizassem esse final de semana. Em apenas dois dias conseguimos trazer para a realidade tudo aquilo que há alguns dias atrás não passava de uma imagem nas nossas cabeças. E quer saber, ficou bem melhor ao vivo e a cores do que só no pensamento!

Aproveito para agradecer a todos que contribuíram de alguma forma para que nosso OASIS fosse um sucesso. Cada coisa carregada, cada pincelada, cada abraço, palavra… todo pequeno gesto fez uma grande diferença e provou mais uma vez que não existe melhor moeda de troca que um sorriso! Foi muito bom conhecer novas pessoas que tornaram essa experiência ainda mais interessante e também rever velhos rostos que sempre trazem enorme alegria ao meu coração! Para todos vocês muita luz sempre! Pra Poli, Biel, Herbert, Shima, Vanessa e galerinha da Guarita, esses dois dias não teriam sido o mesmo sem vocês! Como meu amigo Biel diria, foi E-S-P-E-T-A-C-U-L-A-R!

VALEU BRASIL!!!!!

Celebrar

Celebrar

Confira o OASIS na mídia: MGTV; Bom Dia Minas e Estado de Minas.

Para conhecer mais do projeto OASIS clique aqui.


ESSE FINAL DE SEMANA VAMOS REALIZAR OS SONHOS DO HOSPITAL DA BALEIA!

Ainda precisamos de alguns recursos para tornar nossos sonhos uma realidade. A gente já conseguiu muitas coisas, mas ainda faltam algumas coisas e eu sei que com a sua ajuda a gente consegue dar um jeito nisso!

Dê uma olhada na lista dos itens que ainda faltam clicando aqui e se você tiver alguma coisa que possa doar, por favor entre em contato comigo pelo e-mail: leoduarte05@gmail.com

VAMOS JUNTOS MUDAR O MUNDO!


Bom dia Brasil!

24Ago10

ONG inglesa promove encontro entre jovens que fazem o bem

Duas mexicanas e uma boliviana têm a defesa do meio ambiente como principal objetivo. Por toda parte existem exemplos de que essa preocupação é justificada.

Uma ONG inglesa decidiu ajudar uma turma que faz o bem a se encontrar, para fazer o que mais gosta: fazer o bem em comunidades pobres de todo o mundo.

“Comece você a mudança no mundo”: a placa é um convite, que foi aceito por jovens que, junto com moradores de uma comunidade pobre próxima a Belo Horizonte, tiraram lixo, pintaram casas, ensinaram maneiras melhores, mais sadias de convivência. Em suma, fizeram o bem.

Encontrar jovens que têm essa disposição foi uma iniciativa do Conselho Britânico. Na América Latina, de 700 candidatos, 60 foram escolhidos.

Leonardo Duarte foi um deles: “Fiquei muito feliz de poder participar da conferência. Foi fantástico. Uma semana no Rio de Janeiro visitando as comunidades, visitando projetos que surgiram de uma ideia e que hoje agregam jovens, famílias inteiras, comunidade, favela, e vieram jovens da América Latina inteira. Vemos que existem malucos como eu que querem fazer o mundo melhor”.

“Foram 27 países representados no encontro. Cada jovem atua em diversas áreas sociais”, explica a gerente da ONG Conselho Britânico Roberta Guimarães.

Quem nunca foi jovem? Quem nunca quis mudar, melhorar o mundo? O que o século 21, a tecnologia, a internet e um encontro como esse permitem é juntar essa força, essa vontade. Afinal de contas, estamos todos no mesmo barco.

Duas mexicanas e uma boliviana têm a defesa do meio ambiente como principal objetivo. Por toda parte existem exemplos de que essa preocupação é justificada.

Nicole diz que falar de macacos da Amazônia pode parecer algo distante para as pessoas, mas mostrar a poluição da água, o dano à saúde causado pelo lixo, faz com que se compreenda a importância desse tema.

Todas falam com um entusiasmo cativante e provavelmente essa qualidade é o mais importante para quem quer acordar as pessoas.

Diana diz que o mais importante desse encontro foi ver que não está sozinha, que tem muita gente no mundo que pensa como ela e quer lutar para mudar as coisas.

Brenda diz que aprendeu que é possível agregar temas como saúde, educação, pobreza em um mesmo projeto de meio ambiente.

Nicolas é colombiano e quis deixar um presente para um local que ele visitou, uma comunidade na Mangueira, no Rio de Janeiro. A criançada olhava fascinada esse artista do grafite que sintetiza muito bem o que não só os jovens, mas todos querem: “Isso ensina que toda essa luta está enfocada em um só ponto: a felicidade”, ele diz.

E assina embaixo, trabalhando para um melhor futuro.



EU VOU MUDAR O MUNDO | I’M GOING TO CHANGE THE WORLD

Eu sempre quis mudar o mundo. Minha cabeça é um mar de idéias, minha barriga é chama que não se apaga e minhas mãos ferramentas inquietas. Eu sabia exatamente o que eu queria, mas não sabia como fazer. Sempre fiz de tudo um pouco e nunca disse não. Hoje eu sei melhor. Ao invés de nunca dizer não eu digo sim para o que eu mais quero. | I’ve always wanted to change the world. My head is a sea of ideas, my belly burst into flames and my hand are inquiet tools. I knew exactly what I wanted to do, but I didn’t know how to do it. I’ve always a little bit of everything and never said no. Now I know better. Instead of never saying no, I say yes to what I want the most.

Um semana atrás eu voltava do Rio, onde eu participei do Latin America and Caribbean Youth Summit – uma cúpula de jovens ativistas organizada pelo British Council, como parte do programa Global Changemakers. Em uma palavra: TRANSFORMADOR. Ao longo de 7 dias fomos capacitados sobre temáticas cruciais para o desenvolvimento sustentável e também em ferramentas para criar soluções práticas para os problemas em nossa comunidade local e regional. Mas acima de tudo, foi uma chance única de conhecer outras pessoas que assim como eu, acreditam no nosso poder de mudança. | A week ago I was coming back from Rio where I took part in the Latin America and Caribbean Youth Summit – held by the British Council for youth activists as part of the Global Changemakers programme. In one work: TRANSFORMING. Over 7 days we had session about crucial issues related to sustainable development and also practical tools to help us address this issues in our local and regional communities. But above all, it was a unique opportunity to get to know other people, that just like me, also believe in the power of change.

Durante a cúpula tivemos a oportunidade de visitar alguns projetos sociais no Rio e em Teresópolis. Projetos que surgiram de pequenas idéias e hoje atingem inúmeras pessoas e causam um impacto positivo. Ver idéias transformadoras como as que tivemos a chance de conhecer, mostra a importância de se partilhar conhecimento e o poder do sonho coletivo. Sem dúvida alguma, é uma grande inspiração e motivação para continuar no caminho do bem. | During the summit we had the opportunity to visit some social projects in Rio and Teresópolis. Project that were just ideas and now reach out to many people and make a positive impact. To see those transforming ideas, like the ones we’ve seen, shows the importance of sharing knowledge and the power of collective dreaming. Without any doubts it was a great inspiration and motivation to keep on the right path.

Eu sou muito grato a todos que fizeram parte dessa experiência incrível. A todos os participantes, facilitadores e staff, MUITO OBRIGADO! Juntos nós podemos mais! Juntos nós vamos mudar o mundo! Você gostou?! Sabia que você também pode fazer parte dessa rede? Da uma olhada no site do GCM: www.global-changemakers.net e registre-se. Em novembro próximo serão selecionados 60 jovens do mundo todo para participar do Global Youth Summit em Londres. E aí, quer se desafiar a ser um Global Changemaker?

I’m very thankful to all of those who shared this amazing experience with me. To all participants, facilitators, staff, THANK YOU SO MUCH! Together we can do more! Together we will change the world! Did you like it?! Do you know you can join this network? Check it out the GCM website: www.global-changemakers.net and don’t forget to register. Soon the British Council they will select 60 youth activists from all over the world to participate in the Global Yout Summit in London. So, will you challenge yourself to become a Global Changemaker?


Global Changemakers

Você já ouviu falar sobre Global Changemakers? Não? Pois é, até pouco tempo atrás eu também não fazia a menor idéia do o GCM era. Há um tempo atrás eu também era uma outra pessoa… | Have you ever heard about Global Changemakers? No? Till not too long ago I also had no idea of what GCM was. Not too long ago I also was a different person…

Global Changemakers é uma comunidade de jovens ativistas, voluntários e empreendedores sociais. A rede agrega pessoas de 100 países e é um espaço para partilhar experiências, desenvolver habilidades, testar idéias e ter acesso a oportunidades incríveis. | Global Changemakers is a vibrant community of young activists, volunteers and social entrepreneurs. Bringing together people from 100 countries, it’s a place to share experiences, build skills, test ideas and have access to some truly amazing opportunities.

Global Changemakers está na frente de projetos inovadores em diferentes comunidades, falando a verdade para aqueles que estão no poder através de seu acesso único a fóruns como o Fórum Econômmico Mundial, e moldando nosso futuro comum. | Global Changemakers are at the forefront of running innovative projects in their communities, speaking truth to those in power through our unique access to forums like the World Economic Forum, and shaping our common future.

Global Changemakers é uma iniciativa do British Council que busca capacitar e dar o suporte necessário para jovens ativistas causarem um impacto positivo nas suas comunidades. | Global Changemakers is a British Council iniative, which aims to bring young activists together and empower them so they can make a positive impact in their communities.